Casca de Pitaya -Geleia em pedaços

0 365

Sábado com chuva e eu sem nada pra fazer…. hahahaha

Bora testar receitas! Comer é bom demais e poder cozinhar certas coisas que nos dá na telha e que temos vontade é um grande privilegio, poder provar novos sabores então nem se fala. Isso quando há algum sabor a se descobrir porque a Pitaya – Em compensação – o que lhe falta em sabor sobra de nutrientes então ela ainda é digna de consumo e com o preço que se paga por ela o jeito é lhe dar um total aproveitamento e ainda de quebra obter uma boa quantidade de Licopeno

Essa semana minha cunhada (valeu Tida  :-P) presenteou minha filha com uma Pitaya recém-colhida linda, enorme que ela e meu irmão cultivam. Estava tão linda que não quis descartar a casca. Guardei nem sei porque. O que daria pra fazer com a casca de uma Pitaya?

O legal é que no outro dia por puro acaso encontrei outra conhecida que também cultiva a fruta e consegui com ela mais duas e ai então foi só fazer a experiencia.

Eu já tinha tentado fazer a geleia uma vez e não deu certo. Bati as cascas no liquidificador e virou uma gororoba gosmenta que não deu pra encarar não. Joguei fora com gosto e sem dó.

É bem feito, tava pensando que era só bater, por açúcar e dar o ponto? Não deu! Hoje fiz diferente e dessa vez deu certo mas ainda assim essa geleia só ficou boa com o acréscimo de limão e polpa de Acerola. Outra opção seria acrescentar cravo e canela para dar sabor e se você não tiver polpa de Acerola ai no jeito só com o suco de limão também está resolvido. Sem nada, apenas a casca o doce fica insonso, sem gosto algum.

Receita Geleia de Casca de Pitaya com Acerola e Limão

Ingredientes

2 Pitayas -Casca

1 Xícara de Açucar

1 Xícara de Polpa de acerola

1 Limão

Modo de Preparo

Cozinhar as cascas com água suficiente até ficarem macias. Amassar com um garfo e voltar á panela em que ferveu com á água. Colocar o açúcar, o suco do limão e a acerola. Deixar apurar até engrossar.

Preparação da Fruta

           1 – Higienizar as frutas e cortar fora as pontas.2 – Levar ao fogo com água até ficarem macias (cozidas).
3-Retirar da panela e esmagar com um garfo.

 

4 – Voltar a panela com a água do cozimento e acrescentar o açúcar, limão e a polpa da acerola. Essa pedra ao meio da foto é a minha acerola….tava congelada.
5 – Apurar e acondicionar.E não acabou por aqui ainda não, como ninguém se habilitou a consumir a polpa in natura comemos muitas já, resolvi fazer gelinho (chup-chup, geladinho etc) batendo ela no liquidificador com água de coco. Vou ganhar tempo com o congelamento evitando de perder a fruta e de quebra já vejo se essa combinação funciona.

Nota: Provei o gelinho no dia seguinte e não achei graça rs, ficou com muitos cristais de gelo. Aconselho a tomarem a batida fresca, fica muito melhor.

A combinação dispensou o uso de açúcar.

Gelinho de pitaya com água de coco
Gelinho de pitaya com água de coco
Sorvete de Abacaxi com Geleia de Pitaya
Sorvete de Abacaxi com Geleia de Pitaya

Diga não ao desperdício, tirando sempre que possível o máximo de cada alimento.

As frutas de hoje renderam: 100% de aproveitamento 🙂

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.