Como Construir um Orquidário

0 1.201

Cultivo de Orquídeas

Uma das primeiras dúvidas que surge quando decidimos iniciar uma coleção de orquídeas diz respeito ao ambiente propício ao seu cultivo. Se você não dispõe de espaço externo, com alguns cuidados pode cultivar suas orquídeas dentro de casa ou até no apartamento, é só construir prateleiras junto a janelas bem iluminadas, protegidas no lado de fora por uma tela, para que os vasos recebam sol filtrado.

Mas se você possui espaço disponível no quintal, um orquidário é sem duvida a melhor opção para suas orquídeas. Apesar de parecer difícil, ou caro, é possível construir um orquidário eficiente a um custo relativamente baixo. Preparamos algumas dicas de construção e funcionamento do orquidário, que irão facilitar sua empreitada.

Primeiro passo: Escolha o local

Um dos aspectos mais importantes para o sucesso de seu orquidário, independentemente do tamanho ou de suas características, é a iluminação. Para garantir uma iluminação adequada é importante escolher um local que receba o sol da manhã.

Segundo passo: Determine o tamanho

Ao contrário do que possa parecer, nem sempre construir o maior orquidário possível é o ideal. Para a saúde de suas plantas, o local deve ser mantido sempre limpo e livre de insetos e pragas, portanto, quanto maior, mais trabalho você terá. Tenha em mente que considerando-se um espaço médio de aproximadamente 4×5 metros é possível montar um orquidário com capacidade para acomodar até 200 orquídeas. Imagine o tamanho aproximado que sua coleção terá e atenha-se a ele.

Terceiro passo: Escolha a cobertura

Num clima como o nosso, uma boa solução é construir a cobertura com ripados de madeira, bambu ou telhas, de modo que os raios solares sejam filtrados, proporcionando luz na medida certa. No mercado há ainda o sombrite, uma tela especial para proteger as plantas do sol excessivo. Esse material chega a filtrar 70% dos raios solares, criando uma atmosfera ideal para a maioria das orquídeas, já que deixa os ambientes bem ventilados e protegidos tanto do sol como de insetos e outros animais, além de ser mais barato que a madeira.

Quarto passo

Construa um espaço com condições diversificadas.

Lembre-se, nem todas as orquídeas são iguais e, portanto, necessitam de condições diferentes. Para que todas encontrem as condições perfeitas para seu desenvolvimento, construa seu orquidário com a possibilidade de explorar diferentes espaços. Os exemplares maiores, que necessitam de bastante aeração junto às raízes, podem ficar pendurados, para isso pense em caibros mais resistente. Uma bancada ou prateleira central é um bom lugar para as mudas recém plantadas ou em fase de crescimento. Na parte de baixo, apoiadas em blocos, podem ficar as espécies que gostam de mais sombra, como os cimbídios.

Seguem abaixo Dois modelos que podem ajudá-lo na construção:

Cultivo de Orquídeas
Modelo 01

Vista Lateral

Medidas:

Largura: 3 metros
Comprimento: 4 metros
Altura: Fundo 3 metros / Frente 2,5 metros

Material necessário:

3 mourões de 13 a 16 x 3,50
4 mourões de 13 a 16 x 3,00
4 mourões de 7 a 10 x 4,00
6 mourões de 7 a 10 x 3,50
1 rolo de arame liso fio 14
4 metros de sombrite 70% com 3 metros de largura (considerando fechamento superior)
Aproximadamente 30 metros de lona transparente Anti-UV (considerando fechamento completo)

Se você dispõe de pouco espaço, um orquidário com teto de uma água, com a parte mais alta encostada em uma parede ou muro é uma boa opção. A tela de sombreamento, ou sombrite, deve ser colocada 30cm acima do plástico, o que diminui sensivelmente o aquecimento no interior do orquidário e impede que as plantas mais próximas da cobertura queimem com o calor. A menor altura deve ser de pelo menos 2,5 metros, para não prejudicar a movimentação. Para ganhar espaço, coloque uma tela no fundo e a utilize para fixar placas com plantas menores. Caso entre muito sol pela frente ou pelas laterais, pode-se utilizar tela de sombreamento também nestas áreas. Para que ela fique bem esticada, utilize fios de arame com intervalos de um metro entre um fio e outro antes de colocar o sombrite.

Cultivo de Orquídeas
Modelo 02

Vista Lateral

Medidas:

Largura: 4 metros
Comprimento: 5 metros

Altura:

3 metros na parte mais alta
2,5 metros nas partes mais baixas

Material necessário:

3 mourões de 13 a 16 x 3,50
6 mourões de 13 a 16 x 3,00
6 mourões de 7 a 10 x 2,50
3 mourões de 7 a 10 x 4,00
12 mourões de 7 a 10 x 2,20
2 rolos de arame liso fio 14
15 metros de sombrite 70% com 1,50 metros de largura (considerando fechamento superior)
Aproximadamente 70 metros de lona transparente (considerando fechamento completo)

Se você dispõe de um espaço um pouco maior, o modelo acima, com telhado de duas águas, pode ser uma boa opção.

A disposição das bancadas em escada, no lado encostado a parede faz com que a insolação nesse canto seja otimizada. Ao construí-las opte por uma altura máxima de 1,5 metros para o andar mais alto e por uma largura máxima de 30cm para cada bancada. Estas medidas facilitam a manutenção e evitam o amontoamento de plantas. A bancada instalada no meio do orquidário pode ser um pouco mais larga, podendo ter mais de um nível, pois existe a possibilidade de se andar pelos seus dois lados, mas sempre lembrando de não encostar muito um vaso no outro. A largura pode-se estender, de acordo com o espaço disponível, mas lembre-se que a altura mínima recomendada é de 2,5 metros, e é absolutamente necessário haver uma caída no telhado para as águas de chuvas.

Dicas:

Para a cobertura abaixo do sombrite, utilize lona transparente para silos, com proteção anti-UV, que aumenta a durabilidade.
Em locais expostos ao vento, utilize a lona transparente também nas laterais. Fios de arame de metro em metro ajudam a mantê-la esticada.
Se for montar a estrutura em madeira, mourões de eucalipto imunizado são uma excelente opção. Duráveis e com excelente custo-benefício, dão um ar rústico à construção.
Plantas infectadas não devem ser colocadas em locais mais altos, pois podem facilmente infectar as que estiverem na parte de baixo.
Pense em manter a parte abaixo da bancada em terra e com alguma vegetação, para manter a umidade no ambiente. Se o piso for cimentado coloque vasos com plantas no chão do orquidário.
Os vasos devem ser pendurados na mesma altura e no mesmo alinhamento, para melhor distribuição de luz nas plantas da bancada.

Fonte: (casacampoecia.com.br) e (portalsaofrancisco.com.br/biologia/cultivo-de-orquideas)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.