Orquídeas – Desmistificando o Mito

0 83

Quando pensamos em Orquídeas a primeira coisa que vem a mente são flores multicoloridas e belas e a segunda é que não seremos capazes de cultivá-las sem um Orquidário, adubos e conhecimentos apropriados.

Orquídeas ás vezes assustam e nos dão medo… não queremos matá-las kkkkkk. Pois bem, quero que você saiba que ao contrário do que imaginamos elas são plantas extremamente resistentes.

Como começar

Comece analisando o local que você poderia estar colocando a sua orquídea. Bate sol? Pouco ou muito? Vai usar Xaxim? Vaso? Pendurar na varanda?

Pense nesses primeiros detalhes e em seguida adquira a sua mudinha, você  encontra fácil mudas com ou sem flores em qualquer supermercado.

Dê preferência para as Orquídeas Epífitas, essas que podem ser presas em qualquer pedaço de árvore cortado, também vão bem em vasos com pedriscos, pedaços de troncos e folhas decompostas e carvão de churrasco, para controlar a umidade.

Agora acompanhe o desenvolvimento dela com uma ou duas regas por semana e veja como ela reage... essa é a parte  mais importante quando notar raízes e brotos se desenvolvendo não terá muito mais com  o que se preocupar, ela estará se adaptando e com certeza irá florir.

Orquídeas Epífitas

Catteyas , Dendrobiuns e Epidendruns. Minhas preferidas e as que escolhi para indicar para vocês.

Clique na imagem para ver ela maior

Clique para ampliar
Catteya
Clique para ampliar
Dendrobium
Clique para ampliar
Epidendrum

 

 

 

 

 

“Faça o que você pode, com o que você tem, no lugar onde você está!”

(Theodore Roosevel)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.