Orquídeas em Garrafas Pet?

0 242

Quem nunca reaproveitou uma garrafa pet que atire a primeira pedra…

Eu acho bem bacana quando aproveitamos a oportunidade e transformamos um lixo em um luxo.

Tem quem não goste e ache feio, que destoam no ambiente ficando meio que fora de contexto mas a verdade é que sempre podemos contar com elas como grandes aliadas em qualquer tipo de cultivo e ninguém pode negar  que são bem práticas e eficientes.

Sabemos que as orquídeas tem um crescimento lento e que de quando em quando temos que reenvasa-las então nada melhor que as Pets para acomodar mudas pequenas e até manter alguma por mais tempo como é o caso dessa  Catteya Mini que se acomodou tão bem ai que estou até com pena de tirar.

Vejam abaixo o que aconteceu com esse Epidendro. Era um Epidendro tão pequenininho quando o coloquei ai, um bebezinho.

 

As orquídeas demoram para crescer e dessa vez eu demorei  para replantá -la, tempo disponível hoje em dia é meio que artigo de luxo mas o fato é que ela cresceu bem na garrafa, bem até demais.

Essa espécie (Epidendro)  apresenta hastes compridas necessitando de espaço amplo e vasos grandes, formam lindas touceiras e permanecem floridas o ano todo. A Pet  era para ser apenas um berçário.

O tempo para trocar de vasos vai depender de cada espécie  e de sua adaptação ao lugar em que está colocada por isso a necessidade de se estar sempre observando o desenvolvimento e o crescimento delas.

Creio ser desnecessário mas vou deixar o lembrete mesmo assim:

Não esqueçam de furar as garrafas para o escoamento do excesso de água evitando o acumulo e a terrível dengue.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.