Pular para o conteúdo

Dicas para obter uma posição de Jovem Aprendiz

Publicidade


Saiba como se qualificar para uma vaga de Jovem Aprendiz e confira dicas úteis.

Para se candidatar a uma posição de Jovem Aprendiz, é necessário ter entre 14 e 24 anos, exceto para pessoas com deficiência, que não possuem limite de idade. No entanto, nem todas as empresas estão habilitadas a oferecer oportunidades nesse programa.

É importante ressaltar que, além da vaga, a empresa é responsável por fornecer um curso profissionalizante relacionado à área em que o jovem irá atuar. Por exemplo, se um aprendiz conseguir uma vaga como auxiliar administrativo, poderá receber treinamento técnico em informática como parte do programa de aprendizagem.

Publicidade


Confira dicas úteis para se qualificar para uma posição de Jovem Aprendiz.

Para se candidatar a uma vaga de Jovem Aprendiz, é preciso ter entre 14 e 24 anos, exceto para pessoas com deficiência, que não têm limite de idade. No entanto, nem todas as empresas estão habilitadas a oferecer oportunidades nesse programa.

Vale lembrar que, além da vaga, a empresa deve fornecer um curso profissionalizante relacionado à área em que o jovem irá trabalhar. Por exemplo, se um aprendiz for selecionado como auxiliar administrativo, poderá ter acesso a treinamento técnico em informática como parte do programa de aprendizagem.

Quais são os motivos pelos quais as empresas contratam aprendizes? O que elas ganham com isso?

As empresas contratam aprendizes não apenas por ser uma obrigatoriedade legal, mas também por causa dos benefícios fiscais, como a redução da alíquota do FGTS de 8% para 2%. Além disso, a rescisão contratual dos aprendizes é vantajosa para as empresas, pois não há necessidade de aviso prévio ou de pagar altas multas rescisórias.

Publicidade


VEJA TAMBÉM  Vivo oferece 400 vagas de estágio para o ano de 2023

Quais empresas são obrigadas a oferecer vagas para aprendizes?

Vagas jovem aprendiz 2023

De acordo com o artigo 429 da CLT, empresas de médio e grande porte devem contratar aprendizes como parte de sua equipe de funcionários. Essas empresas devem ter entre 5% e 15% de aprendizes em seu quadro de funcionários. No entanto, é necessário que a empresa tenha pelo menos sete funcionários para que essa obrigação se aplique.

Por outro lado, pequenas empresas e organizações, sem fins lucrativos não são obrigadas a contratar aprendizes e podem fazê-lo de forma opcional.

Quais são as instituições que podem oferecer cursos profissionalizantes para o programa de Jovem Aprendiz?

Para fornecer cursos profissionalizantes para jovens aprendizes, as seguintes instituições e sistemas estão autorizados:

  • Escolas técnicas e institutos federais;
  • SENAI;
  • SENAC;
  • SESC;
  • SEBRAE;
  • SESI;
  • SENAR, SESCOOP, SENAT e SEST.

Os cursos oferecidos devem ter pelo menos 400 horas de duração, ser relacionados à vaga disponibilizada e estar registrados no Ministério da Economia.

Publicidade


Não é necessário que um jovem interessado em ser aprendiz faça um curso preparatório. Empresas que afirmam o contrário podem estar tentando vender cursos próprios ou de parceiros. A vaga de aprendiz tem como propósito justamente ajudar o jovem a adquirir conhecimento e experiência para ter mais chances de conseguir o primeiro emprego, portanto, não é obrigatório ter experiência prévia.

Para uma vaga como aprendiz, há uma grande quantidade de candidatos, tornando crucial conhecer o processo seletivo. Existem diversas etapas nesse processo, e é importante estar preparado para todas elas.

A primeira etapa envolve a análise do currículo, portanto, é fundamental ter um currículo bem elaborado e organizado, com informações precisas e atualizadas. Se o currículo passar nessa etapa, o próximo passo é aguardar o contato da empresa.

VEJA TAMBÉM  Jovem Aprendiz da Tim: 60 vagas abertas

Nesse primeiro contato, a empresa analisará cuidadosamente cada candidato e avaliará se eles estão realmente interessados em crescer e se desenvolver, dando o seu melhor.

Como funciona o programa jovem aprendiz

Processo seletivo para uma vaga como aprendiz

O processo seletivo para uma vaga como aprendiz envolve diversas etapas, começando pela análise do currículo e passando por redação, dinâmica em grupo e entrevista. É importante se preparar adequadamente para cada uma dessas etapas e mostrar que pode atuar bem em equipe, além de ter um bom domínio da escrita e comunicação.

Vale ressaltar que as vagas de aprendiz são altamente concorridas, por isso é importante investir na sua capacitação e aprimoramento, realizando cursos de capacitação que podem enriquecer seu currículo e aumentar suas chances de sucesso. Alguns exemplos são cursos de pacote Office, idiomas, oratória e organização pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *